Veja quais são os 3 melhores exercícios praticados atualmente

4 minutos para ler

À medida que a ciência evolui, fica cada vez mais claro o papel do sobrepeso e do sedentarismo nas mais diversas doenças, sobretudo as crônicas, tais como hipertensão e diabetes. Associado a isso, houve o “boom” do estilo de vida saudável nas redes sociais encorajando a participação dos indivíduos nas mais diversas modalidades da vida fitness.

Embora o incentivo a uma vida ativa seja algo que precisa ser encorajado, é importante conhecer quais são os melhores exercícios para cada finalidade, seja ela estética ou de saúde. 

Isso ajuda não só na manutenção de um plano que seja prazeroso e sustentável, como garante que você não esteja praticando nenhuma atividade que não proporcione o resultado que você está procurando.

No post de hoje, apresentamos 3 modalidades de atividades físicas que apresentam excelentes resultados. Confira!

Caminhada

A caminhada é um dos melhores exercícios devido à sua simplicidade. Além de não exigir nenhum tipo de instrução, treinamento ou habilidade específica, trata-se de uma modalidade de baixíssimo risco para lesões, além de ser de fácil acessibilidade.

Já é muito bem propagado, inclusive confirmado pela Universidade de Harvard, que atividades de intensidade e duração moderada são muito eficazes na perda de peso.

Isso acontece, porque a quebra de gorduras é favorecida por uma quantidade específica de consumo de oxigênio, que é justamente a que alcançamos em uma caminhada: nem mais, nem menos.

Em suma, pesquisadores concluíram que caminhar reduz em 31% a chance de ter um evento cardiovascular e diminui em até 32% a mortalidade, tanto no sexo feminino quanto no sexo masculino. 

Esses benefícios já podem ser observados mesmo em quem caminha 9 km por semana em uma velocidade aproximada de 3,5km/h, mas a proteção aumenta quanto maior a distância percorrida e mais ágil o passo.

High-Intensity Interval Training (HIIT)

Trata-se de um modelo de treinamento intervalado com estímulos de alta intensidade e curtas pausas de repouso ativo ou não, que tem se tornado muito popular. 

Essa modalidade é realizada em um período mais curto que uma sessão de musculação e é menos monótona devido à sua intensidade, o que melhora a adesão ao treino.

É verdade que a queima de gorduras é favorecida por atividades de intensidade moderada. Acontece que, ao contrário da caminhada, os benefícios do HIIT não se concentram no momento do treinamento, mas depois dele. 

Isso porque a forma como o exercício é periodizado faz com que haja um consumo excessivo de oxigênio no período pós-exercício (EPOC), o que favorece a queima de gorduras por meio do aumento da temperatura corporal e da frequência cardíaca e respiratória, por exemplo.

Assim, estudos concluíram que o gasto energético total é maior no HIIT que em atividades contínuas e moderadas. 

Por outro lado, é preciso se inserir em um programa de HIIT com auxílio de um profissional de educação física a fim de minimizar riscos, já que as sessões exigem intensidade máxima. Outros benefícios constatados com a prática do HIIT foram:

  • melhoria da capacidade aeróbia;
  • diminuição a gordura corporal, sobretudo quando o intervalo entre as sessões é ativo;
  • diminuição da taxa de colesterol e triglicerídeos; 
  • diminuição da resistência à insulina;
  • considerável redução da circunferência da cintura.

Crossfit

O crossfit tem sido considerado um dos melhores exercícios, porque propõe movimentos variados e funcionais, como levantamento de peso, ginástica (argolas e barras), arrancos, arremessos, desenvolvimentos, remada, corrida e bicicleta, em uma intensidade crescente. 

Geralmente, as séries contêm sucessivas repetições executadas em velocidade, com tempo de recuperação limitado ou não. Objetivo do crossfit é desenvolver o condicionamento de forma generalizada, não sendo específico para emagrecimento ou hipertrofia. 

É importante saber que a atividade tem um caráter motivacional, desafiador e, muitas vezes competitivo, o que costuma manter a aderência elevada. 

Os benefícios do crossfit para a saúde são muito similares aos do HIIT, visto que ambos são de alta intensidade e melhoram a capacidade aeróbcia. Além disso, foi encontrado um aumento da BNDF, uma proteína importante para a saúde dos neurônios, em praticantes dessa modalidade.

Gostou de saber um pouco mais sobre esses exercícios? Então clique aqui e assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-